quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Ingratidão..


“A ingratidão é uma das imperfeições da Humanidade e, como nenhum de nós está isento de censuras, é preciso desculpar os outros, para que nos desculpem, de sorte a podermos dizer como Jesus Cristo: “atire a primeira pedra aquele que estiver sem pecado”. Continuarei, pois, a fazer todo o bem que me seja possível, mesmo aos meus inimigos, porquanto o ódio não me cega. Sempre lhes estenderei as mãos, para tirá-los de um precipício, se se oferecer oportunidade. Eis como entendo a caridade cristã. Compreendo uma religião que nos prescreve retribuamos o mal com o bem e, com mais forte razão, que retribuamos o bem com o bem. Nunca, entretanto, compreenderia a que nos prescrevesse que paguemos o mal com o mal.”

4 comentários:

Gisley Scott disse...

A ingratidão faz com que achemos que merecemos mais do que fomos agraciados.Nos coloca numa posição de ver a vida como se as regalias que temos são nada mais do que obrigação.É um mal que só mostra quando o outro erra e não quando erramos.

Que nos coloquemos em cheque todos os dias para que a ingratidão não crie em nós uma raíz de amargura.

Bjs

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Concordo com tudo...Acho que a alma jamais ficaria em paz pagando mal com mal.
Te desejo uma ótima semana, muita paz, força e realizações!
Beijos
CamomilaRosa

Nadja disse...

Olááá, vim aqui para dizer que curti bastante seu blog! adorei e já virei seguidora!!! Suas aventuras por aí devem ser deliciosas!!! vou voltar para ler mais e mais!!!
beijos e tudo de bom!!!

Mulher de Fases disse...

As vezes somos mesmo ingratos, né? Pior é que eu estou sempre reclamando da ingratidão dos outros e até esqueco da minha!!

É dificíl se manter na linha, não querer revidar o mal, só muita fé em Deus pra permitir que Ele mude as nossas falhas.